Da vaidade de ser útil

Minhas escolhas? Bem, às vezes me questiono a respeito delas. Teve uma época em que escolhi aceitar mais sugestões e me abrir para interferências que renovassem a minha maneira de optar. Até aí super positivo.

Mas as pessoas confundem certas aberturas, não? Um descuido e já tentam te dizer que você não sabe conduzir a própria vida. Minha teoria é que todo mundo quer se sentir útil cuidando do outro e, muitas vezes, essa necessidade de se fazer indispensável é tão grande que enche o meu saco. 

Nada pessoal…

Anúncios

Um comentário sobre “Da vaidade de ser útil

  1. Concordo em gênero, número e grau! ;o)

    E vivo o mesmo dilema. Seria tão mais fácil se certos limites pudessem ser definidos com uma linha feita de giz, não é?

    Acho tb que as pessoas têm uma necessidade muuuito grande de julgar. Julgar a vida do outro, a postura do outro… acho que a incapacidade de se auto-definir por suas próprias características faz isso… não sou eu se não for uma forma superior de ser em relação ao outro.

    Como poderíamos todos ser (ou sermos?) mais felizes!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s